INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS

Translate

A VOZ DO CAMPINARTE

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Doguinhos e pássaros: a nova amizade do pop




Desenhista inglês David Lloyd faz visita surpresa à Baixada Fluminense

terça-feira, 25 de abril de 2017

Marcos Valério / À Luz do Espiritismo - Medicina da USP se mobiliza após tentativas de suicídio

“Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”, o espiritismo é a minha verdade, algo que escolhi como filosofia, a razão e a emoção caminhando lado a lado e tendo a ciência e a religião como fundamentos em seu tríplice aspecto: ciência, filosofia e religião.
Eu sou Marcos Valério, 52 anos, casado, nascido em Pernambuco, ensino médio (incompleto) e profissional da construção civil (pedreiro).
ESTAREMOS JUNTOS A PARTIR DE AGORA AQUI NA COLUNA “À LUZ DO ESPIRITISMO”.
Eu como trabalhador da Doutrina dos Espíritos quero através desta coluna levar até vocês uma análise dos fatos do nosso dia a dia, mas sempre à luz da Doutrina dos Espíritos.

Medicina da USP se mobiliza após tentativas de suicídio Uma série de tentativas de suicídio entre alunos do quarto ano de medicina da USP tem mobilizado estudantes e professores de uma das melhores faculdades do país. Ao menos seis casos foram registrados neste ano - três nas últimas semanas. O clima de tensão aparece em páginas do Face book dos estudantes que citam "surto de suicídios"– e em textos de professores aos alunos. Pleno sec. 21, evoluímos tecnologicamente alcançamos patamares inimagináveis em todos os segmentos da comunicação, descobrimos que o nosso mundo não esta sozinho na galáxia, outras formas de vida são descobertas, temos todas as facilidades do mundo moderno, mas, nem tudo é suficiente para aquele que padece deste mal que aflige tantas pessoas de diversas classes, não importa idade, sexo, religião ou o que quer que seja.
Lendo uma matéria vi uma reportagem de um homem que por ter sofrido uma depressão pós-parto, isso mesmo, fui pesquisar e vi que é bem comum, porem os que sofrem padecem calado, no relato o homem disse que só tinha pensamentos suicidas, os motivos são os mais variados vão desde a depressão, angustias, magoas raiva, sentimento de inferioridade e outros que se agrupam e formam um laço difícil de desatar quando feito. O sexto mandamento diz: Não mataras, isso significa que não temos o direito de tirar a vida, a vida é uma benção nos dada por DEUS, em toda literatura espírita séria, ela nos mostra o que acarreta a aquele que tira a própria vida, por motivo fútil. Sabemos também que o suicida e também um espírito vicioso e se pensa no suicídio nesta existência é porque em suma já foi em outras, fica o pensamento que nem toda evolução tecnológica que nos vem para o auxilio para se ter uma vida melhor é capaz de completar, por assim dizer, os vazios que ainda existem nesta lacuna que é a evolução humana, a nossa maquina ainda esta lá de longe ainda nos primórdios da criação.
Muita paz!

Câmara promove 1º Encontro Pró-Animal

Atleta baleado em Caxias pode ter sido confundido com policial

domingo, 23 de abril de 2017

Dia de São Jorge na Ass. de Moradores de Nova Campinas - 23/04/2017


Alvorada, café da manhã, procissão, missa e feijoada... Assim foi mantida uma das mais tradicionais festas realizadas pela comunidade de Nova Campinas no terceiro distrito de Duque de Caxias – RJ. São muitos os devotos de São Jorge no conjunto e toda essa movimentação é preparada com dias de antecedência. Vários pontos do bairro serviram de palco para as comemorações de São Jorge e mais uma vez o dia 23 de abril foi um dia de muitos agradecimentos ao Santo Guerreiro, novos pedidos, muita festa e confraternização.

 Na Associação de Moradores de Nova Campinas (Presidente Milton G. dos Reis), tivemos missa celebrada pelo Padre José Luiz da Igreja de São Jorge do Jardim Anhangá. 
Veja abaixo alguma imagens:

Rádio Campinarte / De volta no Tempo / MUITO OBRIGADO, PIXINGUINHA!

Em rápidas palavras quero dizer o seguinte: o Campinarte estava devendo uma homenagem a esse monstro sagrado da música brasileira.
O nosso dever como informativo comunitário e não perder de vista ícones da arte, cultura, esporte, enfim, nossas principais referências e repassar para os mais novos a vida e a obra dos nossos pioneiros como é o caso do homenageado de hoje – PIXINGUINHA.
Selecionamos algumas obras desse fantástico compositor – Essa foi a única forma que encontramos para dizer - MUITO OBRIGADO, PIXINGUINHA!
Alfredo da Rocha Vianna 
* 23/4/1897 Rio de Janeiro, RJ
+ 17/2/1973 Rio de Janeiro, RJ
Compositor. Orquestrador. Flautista. Saxofonista / Segundo depoimento dado pelo músico ao Museu da Imagem e do Som: "Meu nome completo é Alfredo da Rocha Vianna. Nasci em 23 de abril de 1898, no bairro da Piedade. A rua não posso precisar. Para o meu irmão Léo foi na Rua Alfredo Reis, mas para o João da Baiana e o Donga, foi na Rua Gomes Serpa. (...)
Em 1911, começou sua tragetória artística apresentando-se no carnaval como integrante da orquestra do grupo carnavalesco Filhas da Jandira, no qual o diretor de harmonia era o seu professor, Irineu de Almeida. Nesse ano, realizou sua primeira gravação, na Favorite Record, como integrante do grupo Choro Carioca, do qual faziam parte, além dele na flauta, seus (...)

sábado, 22 de abril de 2017

6 informações sobre direito de herança que você precisa saber

Seguro-desemprego / Quem tem direito?

Como não cair no boatos da Internet

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Campinarte Huayrãn Ribeiro / Joaquim!

Hoje é dia 21 de Abril e eu gostaria de escrever alguma coisa sobre um certo Joaquim, não necessariamente o Tiradentes, mas, um certo Joaquim que simbolizasse todos os Joaquins, Josés, Silvas e Xavieres (seria assim mesmo, Xavieres? Se não for, por favor, me corrijam).
Eu gostaria de escrever sobre um certo Joaquim que não se prendesse às opiniões da multidão. Um Joaquim que viva a sua vida de acordo com as luzes que lhe chegam do alto porque a multidão julga o lado exterior, o íntimo só Deus conhece.
Eu gostaria de escrever sobre um certo Joaquim que tivesse uma personalidade própria sabedor que de nada valerá o conhecimento de todas as ciências do mundo, de tudo que está fora de nós, se não conhecermos a nós mesmos.
Um certo Joaquim cuja a vida seja cercada de amor e que não tenha prevenção contra seus semelhantes.
Eu gostaria de escrever sobre um certo Joaquim que fosse capaz de vencer as barreiras da separação, de aproximar criaturas, de solidificar amizades.
Eu gostaria de escrever sobre um certo Joaquim desperto para as verdades superiores que não se ilude com as conquistas fáceis, com os prazeres transitórios, com as sensações efêmeras.
Um certo Joaquim que busque intensamente as coisas sólidas e duradouras, espalhando alegria e otimismo, bondade e amor, que são as bases firmes e eternas da felicidade que jamais termina.
Joaquim! Joaquim! Joaquim!
Que coisa, onde andará esse Joaquim?

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Lei de Migração: aprovada proposta

terça-feira, 18 de abril de 2017

segunda-feira, 17 de abril de 2017

sexta-feira, 14 de abril de 2017

quinta-feira, 13 de abril de 2017

(Capoeira) 36º Aniversário do Grupo Raimundo Filho


Olha eu aqui / J. R. Dutra (Construção e Reformas em Geral)


Olha eu aqui / Escola de bateria e percussão (Parque Paulista)

NEY SILVA
ESCOLA DE BATERISTAS (WORK DRUMMER) – WD
RUA 37 – LT. 19 – LOJA 139 – PARQUE PAULISTA (DUQUE DE CAXIAS)
TELEFONE: 98069 - 4355 (WATSAPP)
ALUNOS A PARTIR DE 6 ANOS DE IDADE

AULAS
SEGUNDA A SEXTA - FEIRA DAS 10 ÀS 20:00h
SÁBADO DAS 10 ÀS 15:00h.

FUNDADA EM 25/04/2013 
POR NEY SILVA (BATERISTA) E PATRÍCIA SILVA (CANTORA).
CURSOS
VIOLÃO; TECLADO; BAIXO ELÉTRICO; (PROFESSOR: MISAEL CASTRO); BATERIA (PROFESSOR: NEY SILVA); BATERIA E PERCUSSÃO EM GERAL (PROFESSOR: JORGE AMORIM).
CURSO DE MUSICALIZAÇÃO INFANTIL (PROFESSOR: NEY SILVA) –
OBJETIVO
PROMOVER A INCLUSÃO DA CRIANÇA NO UNIVERSO DA MÚSICA.

A ESCOLA WORK DRUMMER APOIA O PROJETO JAZZ NO GUETO
(PROFESSOR: JORGE AMORIM)
OBJETIVO
LEVAR A MÚSICA A CRIANÇAS DE COMUNIDADES CARENTES.

PROJETO – BATERIA NA RUA / STRESS ZERO
(DE 15 EM 15 DIAS A ESCOLA WORK DRUMMER REALIZA
[NAS PRAÇAS] WORKSHOP COM O PROFESSOR NEY SILVA).

Olha eu aqui / Dentistas - Ass. de Moradores de Nova Campinas / Implante Dentário


OLHA EU AQUI / Dra. Sandra Borges (cirurgiã dentista, odontopediatra, homeopata)

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS

OLHA EU AQUI / Drogaria Mattos (Parque Paulista) - Aqui tem Campinarte


Olha eu aqui / Eletrônicas - Infor Nova Eletrônica (Nova Campinas)


OLHA EU AQUI / Empréstimo Consignado


OLHA EU AQUI / Feira Livre



Olha eu aqui / Fábrica de Algodão Doce / Em Nova Campinas


Fábrica de Algodão Doce 
Rua 8, 838 – Telefone: 2775-5942
Gladston Cerqueira (mais conhecido como Cerqueira) nasceu na cidade de Leopoldina (MG), em 05/04/1959.
Um dos mais antigos moradores de Nova Campinas e estabilizado no ramo há mais de 20 anos.
Cerqueira ao longo desse tempo tem colaborado com inúmeras entidades dedicadas a educação, orfanatos e promotores de festas infantis fazendo dessa forma a alegria da petizada com o ALGODÃO DOCE mais famoso da região.
Cerqueira, conta emocionado, que hoje está sendo contratado para trabalhar em festas dos filhos daqueles que quando eram pequeninos, quando tinham seus dois ou três anos de idade, também tiveram o privilégio de contar com a participação do Algodão Doce do Cerqueira em suas festinhas.
Anexo a sua Fábrica de Algodão Doce a comunidade pode contar com um serviço essencial, importantíssimo que qualquer um, a qualquer hora pode precisar – Chaveiro.
Cerqueira é mais uma referência positiva captada pelas poderosas lentes do Campinarte.

Olha eu aqui / Frango no Bafo da Amazonense (Nova Campinas)


OLHA EU AQUI / M.R. DE ARAÚJO - ARTES GRÁFICAS

M.R. DE ARAÚJO - ARTES GRÁFICAS - sorre@ibest.com.br

Rua J - 425 - Nova Campinas - DUQUE DE CAXIAS - RJ
3652-8218 / 3652-9113

OLHA EU AQUI - SACOLÃO - PARQUE PAULISTA

OLHA EU AQUI / Móveis






OLHA EU AQUI / Noivas, noivos, padrinhos...

Olha eu aqui / Padaria e Mercearia Rainha de Nova Campinas

OLHA EU AQUI / Padaria Renascer da Ilha



Parque Paulista / Aqui tem Campinarte

 Padaria e Confeitaria Flor da Mamãe 
- Em frente à Praça do Parque Paulista

Olha eu aqui / O Peixeiro Onça (Feira de Nova Campinas)


Oswaldo Jerônimo (mais conhecido como “Onça”) nasceu na cidade de Santa Rita (PB) em 10/08/1952.
Oswaldo é casado (há mais de quarenta anos), tem três filhas, três netas e dois netos...
.
Em sua terra natal “Onça” trabalhava como motorista de caminhão.
Em 1974 mudou-se para o Rio de Janeiro indo morar na Cidade Alta (Cordovil), nessa época “Onça” era motorista da Sadia.
Em 1984 mudou-se para Nova Campinas e a partir de 1987 tornou-se feirante, montou o seu próprio negócio – uma barraca de peixe na feira do bairro (aos sábados e domingos).
Com muito orgulho se declara umbandista.
Uma de suas principais características é estar sempre de bem com a vida.


”Onça” é um dos peixeiros mais antigos em atividade na comunidade e mais uma referência positiva captada pelas poderosas lentes do Campinarte Dicas e Fatos.

Olha eu aqui / Peixaria da Serra (Santa Cruz da Serra)


Peixaria da Serra
Campinarte dá a dicaEm Santa Cruz da Serra - Peixaria da Serra
Publicado por Observatório Comunitário em Sábado, 13 de fevereiro de 2016
AVENIDA AUTOMÓVEL CLUB - SANTA CRUZ DA SERRA

José Carlos – Protético – Nova Campinas


 Rua 12 – 241 – Largo da Feira de Nova Campinas
Na profissão desde os seus 12 anos de idade; foi aprendiz de José Luiz.

José Carlos nasceu no bairro de Cordovil (RJ) em 08/02/1958.

Em 1968 mudou-se para Duque de Caxias e mais precisamente em 1986 foi morar em Nova Campinas.

Casado, tem 2 filhos e 5 netos; é torcedor do Flamengo e no Carnaval torce pelo Império Serrano.

José Carlos (protético) é mais uma referência positiva captada pelas poderosas lentes do Campinarte Dicas e Fatos.

OLHA EU AQUI recarga de celular - D. Aurides (Nova Campinas)



Olha eu aqui / Barbearia do Onofre (Santa Cruz da Serra)

Onofre Ribeiro nasceu no dia 17/05/1948 na cidade de São Francisco do Glória (MG).
Durante a sua infância e adolescência trabalhou na roça onde fazia de tudo um pouco.
Em 1967 mudou-se para Duque de Caxias (RJ) e abriu a sua barbearia onde trabalha até hoje – fica na Av. Automóvel Club, Km 48, nº 20 – Sta. Cruz da Serra.
Onofre é casado tem cinco filhos e oito netos e confessa que gosta muito de música sertaneja.
A barbearia do Onofre se encaixa perfeitamente no time das mais tradicionais e também uma das mais antigas da região.
Mais uma referência positiva captada pelas poderosas lentes do Campinarte Dicas e Fatos.

Olha eu aqui / Barbearia do Joaquim (Santa Cruz da Serra)

Joaquim G. Francisco nasceu no dia 23/04/1954 no distrito de Belizário, Muriaé (MG).
Em 1970 mudou-se para Xerém em Duque de Caxias (RJ).
Em 1978 abriu a sua barbearia onde trabalha até hoje – fica na Av. Automóvel Club, Km 48 – Box 7.
Joaquim é casado tem duas filhas e três netas.
A barbearia do Joaquim é uma das mais tradicionais e também uma das mais antigas de Santa Cruz da Serra.
Mais uma referência positiva captada pelas poderosas lentes do Campinarte Dicas e Fatos.

OLHA EU AQUI / Matheus Style Hair