VOCÊ É O VISITANTE

Translate

Pesquisar este blog

Carregando...

Campinarte - O Abrigo das Charges

Resolvemos abrir essa página para abrigar uma das artes mais significativas do jornalismo - As Charges.
A proporção que for aparecendo alguma charge interessante vamos abrigá-la aqui nesse novo espaço do nosso blog - Campinarte, o abrigo das Charges.
A ideia é apresentar em slides as mais sensacionais charges de todas as épocas...
Vamos catar no Facebook, Sites, Blogs, Jornais, Revistas, etc.

domingo, 31 de março de 2013

Nova Campinas / Páscoa da Baixada

A população de Nova Campinas em Duque de Caxias foi surpreendida nesse sábado - 30/03/2013 - como uma ação do Governo do Estado do Rio de Janeiro através da Subsecretaria de Governo da Baixada (Secretário Carlos Castilho) com o evento Páscoa da Baixada - distribuição de brinquedos, oficina de artes, recreação com brincadeiras e outras coisas mais...
A principal praça do conjunto (próximo à rodoviária do bairro) serviu de palco para a Páscoa da Baixada. Em breve mais informações, fotos, etc. Tudo sobre o evento. 

sábado, 30 de março de 2013

O BLOG RÁDIO CAMPINARTE APRESENTA - O QUE HÁ DE MELHOR PELAS COMUNIDADES

O BLOG RÁDIO CAMPINARTE APRESENTA - O QUE HÁ DE MELHOR PELAS COMUNIDADES

GARIMPANDO AQUI E ALI... VEJAM SÓ QUEM NÓS DESCOBRIMOS EM DUQUE DE CAXIAS...

SÃO TODOS "NOVOS" TALENTOS DO NOSSO MUNICÍPIO...
VALE A PENA DAR UMA CONFERIDA...

É POR ISSO QUE O BLOG SE CHAMA - RÁDIO CAMPINARTE - O SOM DAS COMUNIDADES...

sexta-feira, 29 de março de 2013

Campinarte Pesquisa / Jornalismo Comunitário - Jornalismo Local

Por Fernando Rebouças

O Jornalismo Comunitário  é um trabalho jornalístico que atua sobre os fatos ocorridos numa determinada comunidade, abrangendo bairros, vila, aldeia, povoado, distrito, municípios e regiões carentes. O jornalismo comunitário também é referido como uma ação comunicativa exercida pelos indivíduos que moram na comunidade, no caso de produção de jornais, rádios e sites comunitários pertencente aos moradores.

Na prática é considerado numa forma de educação não-formal, ferramenta de renovação da imagem da comunidade e da cidadania. Possibilita reportar e dar voz a quem muitas vezes não é considerado na “grande mídia”.
Para os estudiosos em comunicação, o jornalismo começou comunitário antes de possuir mecanismos para cobrir assuntos em nível nacional e internacional. Porém, nos dias atuais, o jornalismo comunitário e o jornalismo comunitário independente se expandiram através do advento de novas tecnologias.
A produção de conteúdo por meio de computadores possibilitou uma redução de custos na confecção de veículos independentes impressos, via correio eletrônico e na versão on- line. No fim do século XX, diversos institutos e ONGs incentivaram a capacitação de profissionais técnicos na produção de mídia.
O jornalismo comunitário não deve ser visto somente como algo presente em áreas e comunidades carentes, também é utilizado em condomínios de luxo e vilas de bairros abastados. A redação de um jornal comunitário utiliza-se de linguagem e métodos informais.
A maioria dos veículos comunitários possui uma equipe composta de repórteres e colaboradores voluntários. A produção de um veículo dessa natureza é mantida por comerciantes locais. Além de cobrir eventos e novidades culturais, o jornalismo comunitário visa expor a situação social e mercadologia que cerceia a comunidade.
Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Jornalismo_comunitário
http://www1.folha.uol.com.br/folha/dimenstein/cjornalista/gd161205.htm

quinta-feira, 28 de março de 2013

Comissão de Vereadores realiza inspeção em hospitais e se dizem perplexos com a precariedade


De cara uma observação: de que planeta vieram esses vereadores que formaram essa comissão? Ficaram perplexos com a precariedade? Alguns dos vereadores, componentes dessa comissão, foram reeleitos e mesmo assim ficaram perplexos com a precariedade? Mesmo os de primeira viagem, também ficaram perplexos?... Fala sério...!!!

Diante de uma série de denúncias apresentadas pela população de Duque de Caxias sobre a precariedade e o descaso no atendimento das unidades municipais de saúde, uma comissão formada por onze vereadores decidiu fazer uma visita surpresa, na terça-feira (dia 26/03), por volta das 20h, para constatar as condições dos serviços prestados no Hospital Municipal Moacyr do Carmo, que é o maior centro de referência médica na cidade, porém, alvo das principais queixas.

Ao chegarem ao local, os vereadores constataram a gravidade do problema, como a falta de médicos e medicamentos. Revoltados com o abandono, pacientes que se encontravam à espera de atendimento disseram que estavam ali desde a manhã. O paciente Carlos Celso dos Santos, de 69 anos, que é portador de diabete, explicou que tinha feito um exame para verificar a taxa de glicose por volta das 10h e até aquele horário não tinha recebido o resultado.
Os próprios funcionários, que não quiseram se identificar, informaram que não há sequer analgésicos no ambulatório e responsabilizaram a falta de profissionais por conta do atraso dos salários. Apenas 30% do efetivo estavam presentes. Alvo também de denúncias,  o laboratório Acilab, contratado pela prefeitura para prestação do serviço em todas as unidades públicas de saúde do município, é criticado pela demora no fornecimento dos resultados dos exames.
Há casos que só são enviados  depois de um mês. Já nas situações emergenciais, com sorte, chegam após 24 horas. Uma profissional, que não quis se identificar com medo de sofrer retaliações, explicou que essa deficiência prejudica principalmente aqueles que se encontram em situações graves, podendo levá-los a óbito, no caso, por exemplo, de um infarto, quando a vítima perderá a chance de ser tratada a tempo, além dos resultados que decidem  uma internação ou não.
vereadores-HOSPITAIS.jpg
"Estamos perplexos ao constatar toda essa precariedade. Isso é inadmissível. Estamos falando de vidas que não podem ser banalizadas ou perdidas pela ineficiência de um trabalho. Tanto pacientes quanto os profissionais ficam a mercê deste descaso. É preciso dar um basta nisso", desabafou a vereadora Fátima Pereira, a Fatinha.
Hoje (dia 27/03), a comissão vistoriou o Hospital Municipal  Infantil Ismélia da Silveira e encontrou também uma série de precariedades: equipamentos sucateados, centro cirúrgico desativado por conta de infiltrações e aparelhos quebrados, extintores vazios e vencidos desde 2009, aparelhos de autoclave ( utilizados para esterelizar materiais) quebrados, seringas descartáveis, da marca fharmatex, de baixa qualidade, pois quebram com facilidade,  cateter (tubo inserido em vaso sanguinio para receber medicamento), sem abertura suficiente devido erro de fabricação, entre outros problemas.
De acordo com o chefe da divisão de enfermagem, André Luiz Oliveira, a Lei Federal 8.666, que trata das normas de licitação, destaca que todos os materiais a serem adquiridos devem passar por uma vistoria técnica para constatar a sua qualidade de uso, mas isso nunca foi feito. "De cada cinco seringas, por exemplo, apenas uma serve para ser utilizada", contou o profissional.
Indignado com o abandono que se encontra o Hospital Ismélia da Silveira, onde costuma atender cerca de 800 crianças por dia, o vice-diretor da unidade, Paulo Santoro contou que precisam buscar alternativas para salvar a vida de pacientes.
"Nosso centro cirúrgico, que fazia operações de baixa complexidade, está fechado há três anos e até agora nada foi feito. Hoje, ele se transformou em um depósito de medicamentos contra a dengue. Para serem operados, os  pacientes são encaminhados ao Moacyr do Carmo, onde há precariedade de vagas. Nos finais de semana, o problema se agrava, pois não há cirurgião- pediatra de plantão no hospital, e temos que contar com a boa vontade de colegas de outras unidades para realizar as cirurgias de emergência. Acredito que essa visita da comissão serve de alerta, pois vivemos de esperança e não temos a quem recorrer", disse o vice-diretor do Ismélia da Silveira, Paulo Santoro.
Decidida a exigir a imediata regularização no atendimento prestado pela rede municipal de saúde, a Comissão de Vereadores vai percorrer as 40 unidades da cidade. Na próxima terça-feira (dia 02/04),  eles irão se reunir com a direção do Hospital Moacyr do Carmo para cobrar as devidas explicações. Ao final de todo levantamento, a comissão fará um relatório e encaminhará ao prefeito Alexandre Cardoso e ao secretário de Saúde, Camilo Junqueira, para que dentro de um prazo a ser estipulado regularizarem a situação. Caso contrário, enviarão a denúncia ao Ministério Público e irão instaurarna Câmara uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito).
A Comissão dos Vereadores é formada por Sérgio Alberto Corrêa da Rocha (Serginho Samuquinha),Celso Luis Pereira do Nascimento (Celso do Alba),Claudio de Oliveira Thomaz (Cláudio Thomaz), Marcelo Ferreira Ribeiro (Marcelo do Seu Dino),Marcos Fernandes de Araujo (Marquinho Oi), Marcos Paulo Barbosa Tavares (Marcos Tavares),Marcus Vinicius de Moraes Guimarães (Boquinha), Maria de Fátima Pereira de Oliveira ( Fatinha), Mauricio Guimaraes Nascimento (Dr. Maurício), Osvaldo Ferreira de Lima (Osvaldo Lima) e Moacir Anselmo dos Santos (Moa).
 Fotos: Carlos Felinto

Comissão de Vereadores realiza inspeção em hospitais e se dizem perplexos com a precariedade | Duquedecaxias.NET.br

terça-feira, 26 de março de 2013

Instituto Zeca Pagodinho

" O Instituto Zeca Pagodinho está em festa com a primeira participação de um aluno no novo espetáculo do Projeto Bem Me Quer Paquetá. Gabriel Areia, aluno do Instituto, está voando alto e estará se apresentando com a turma de Paquetá em seu novo espetáculo: Orquestra Jovem Paquetá em Concerto, que estará em cartaz no Teatro do Bennett, dias 27 e 28 de março às 19:00 e no Paquetá Iate Clube no dia 29 de março às 12:00.

Sucesso, Gabriel!"

Hemorio faz campanha no Hospital Moacyr do Carmo, em Caxias

O Hemorio fez campanha, nesta segunda-feira, no Hospital Municipal Dr. Moacyr Rodrigues do Carmo, em Duque de Caxias. Segundo a prefeitura, o posto de coleta funcionou das 9h às 14h, atraindo a colaboração de moradores e funcionários da própria unidade de saúde. Para doar sangue, basta ter entre 16 e 68 anos, estar bem de saúde, pesar mais de 50 quilos e apresentar um documento oficial com foto. Os menores têm que apresentar declaração por escrito dos responsáveis. Quem não pode doar e pretende fazê-lo pode entrar em contato com o Hemorio pelo site www.hemorio.rj.gov.br ou pelo telefone 0800-2820708.
— Fiquei sensibilizado com o pedido de uma senhora no Centro do Rio de Janeiro. Ela perguntou se eu poderia doar sangue para uma criança que tinha leucemia. Isso mexeu comigo e desde então colaboro quando posso com o Hemorio — diz Luiz Claudio Azevedo, de 32 anos, que foi ao hospital com o pai, Renato Pires, e o irmão, Leonan, de 22.


Exposição sobre Carlos Drummond de Andrade é inaugurada em Duque de Caxias

alt
O prefeito de Duque de Caxias, Alexandre Cardoso, participou, da inauguração da exposição itinerante “Drummond, testemunho da experiência humana", na Escola Municipal Professora Olga Teixeira de Oliveira.
A mostra, promovida pela secretaria municipal de Educação em parceria com a Fundação Banco do Brasil, apresenta obras do autor mineiro e sua participação nos movimentos literários e políticos do país. Durante o lançamento, alunos do Ensino Fundamental prestaram homenagem ao escritor exibindo esquetes e declamando poesias. Estudantes de turmas regulares e especiais participaram da abertura que convidou o público para uma viagem ao passado.
Na abertura da mostra, o prefeito Alexandre Cardoso lembrou os seus tempos de estudante e do gosto pela literatura. “Tenho orgulho de ter estudado no Instituto de Educação e até hoje lembro o nome da maioria dos meus professores. Gosto muito de poesia, e sempre que posso, leio poemas de Fernando Pessoa. Uma citação em especial ficou gravada na minha memória: tudo vale a pena se a alma não é pequena. Educação e cultura são duas metas que não devem andar paralelas, mas devem se completar”, disse o prefeito.
A secretária municipal de Educação, Marluce Gomes, comparou a pedra do poema No meio do caminho aos obstáculos enfrentados pela administração. “Mesmo sabendo que a pedra fazia parte do caminho, Carlos Drummond perseverou e tenho certeza de que com a ajuda de Deus, nossas pedras serão retiradas”, comentou.
A mostra pode ser visitada até o final de março e está montada no auditório da escola.  Em seguida, vai para o Teatro Raul Cortez, no centro. Vitória Souza e Gisseli Silva, ambas de 11 anos, elogiaram o evento. Para as estudantes a exposição é uma oportunidade de despertar nos alunos o interesse pela cultura. “Conhecemos estes textos na sala de leitura. O trabalho dele é muito bom. A exposição é uma chance única de apresentar para os outros estudantes um pouco da história do país e do trabalho do poeta”, concluíram. 
Foto: Rafael Barreto

segunda-feira, 25 de março de 2013

Ônibus bate em poste e complica trânsito em Duque de Caxias


Õnibus atinge poste na Avenida Presidente Kennedy, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. (Foto: Reprodução / TV Globo)
Um ônibus da viação Limousine Carioca bateu em um poste, na manhã desta segunda-feira (25), na Avenida Presidente Kennedy, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, próximo ao acesso à Linha Vermelha, no sentido Rio de Janeiro.
Por causa do acidente, o trânsito estava complicado na região em torno de 7h40. Por volta deste horário, não havia informações sobre feridos.

domingo, 24 de março de 2013

Mulheres caxienses são homenageadas pela Câmara Municipal


Mulheres caxienses são homenageadas pela Câmara Municipal
Numa solenidade marcada pela emoção, várias mulheres foram homenageadas com o título de ‘Mulher Duquecaxiense’, na noite de quinta-feira (21), em Duque de Caxias, no Teatro Raul Cortez. O evento, organizado pela Câmara Municipal, contou com a participação do presidente da Casa, Eduardo Moreira, do prefeito Alexandre Cardoso, vereadores da cidade, além de outras autoridades e políticos.Uma das agraciadas com o título foi a primeira-dama e secretária de Ações Institucionais e Comunicação do município, Tatyane Lima, que recebeu medalha e moção, entregues pelo presidente e vereador Eduardo Moreira.  
"O legislativo não poderia deixar de fazer essa homenagem às mulheres. Apesar das dificuldades, com seus afazeres domésticos, educar os filhos e tantas outras responsabilidades, as mulheres estão cada vez mais se destacando no mercado de trabalho e vários segmentos da sociedade. Temos orgulho de contar com a participação de quatro mulheres na Casa Legislativa", disse o presidente, numa referência às vereadoras Juliana Fant Alves (Juliana do Táxi), Margarete da Conceição de Souza Cardoso (Gaete), Maria de Fátima Pereira de Oliveira (Fatinha) e Maria Landerleide de Assis Duarte (Leide).
A vereadora Leide, em seu discurso, lembrou as lutas das mulheres e as conquistas marcadas pela superação do preconceito e discriminação. "As mulheres, nas lutas partidárias e sociais, sempre foram desprezadas. Mas, resistiram. Esse título de reconhecimento tem muito valor", disse.
O prefeito Alexandre Cardoso elogiou a iniciativa da Câmara, mas fez uma observação: "A maior conquista de todos nós será quando a gente nascer com os direitos garantidos. O direito vai se dar quando o poder legislativo tiver independência", ressaltou.
Para encerrar o evento, o público assistiu a um divertido show do humorista Leandro Hassum, da TV Globo.
 
Confira a lista de vereadores e suas homenageadas
Ademir Martins da Silva (Ana Maria Villar)

Ailton Abreu Nascimento (Joyce Souza Cunha dos Santos)

Allan Soares Nunes (Dirce Soareas Piculo)

Carlos Alberto Oliveira do Nascimento (Maria de Fátima Mendes Silva)

Carlos Augusto Pereira Sodré (Marilza Pereira Sodré)

Celso Luis Pereira do Nascimento (Alba Luiza Pereira do Nascimento)

Claudio de Oliveira Thomaz (Márcia Cristina da Silva Bayer)

Dalmar Lírio Mazinho de Almeida (Tania Maria da Silva Amaro de Almeida)

Divair Alves de Oliveira Junior (Lea Ventura Tavares Perenyl)

Eduardo Moreira (Tatyane Azevedo de Freitas Lima)

Fabricio de Souza Cordeiro (Célia Regina da Silva Mourão)

Francisco dos Santos/Joaquim José Quinzé (Anaíza da Silva Azevedo)

Josemar Lucas Ferreira Padilha (Maria Augusta Von'held de Salles)

Juliana Fant Alves (Simone Cunha Batista)

Marcelo Ferreira Ribeiro (Rita de Cássia Gomes de Santana)

Marcos Fernandes de Araújo (Naira Orguela Ferreira)

Marcos Paulo Barbosa Tavares (Elaine Pessoa Campos)

Marcus Vinícius de Moraes Guimarães (Ana Cristina Aguiar de Moraes)

Margarete da Conceição de Souza Cardoso (Claudia Peixoto Fabiano Theodoro)

Maria de Fátima Pereira de Oliveira (Yolanda Botelho Soares Vidal)

Maria Landerleide de Assis Duarte (Kátia Maria Cardoso de Carvalho)

Maurício Guimarães Nascimento (Edna Raquel Hogemann)

Moacir Anselmo dos Santos (Maria da Conceição dos Santos)

Osvaldo Ferreira Lima (Rejane Alves Lopes da Silva)

Sandro Ribeiro Pedrosa (Marcelle de Castro Fabiano)

Sérgio Alberto Correa da Rocha (Verônica Bazílio Terra Ferreira)

Thiago Ribeiro Barreto (Dulce Adriana dos Santos)

Wendell Oliveira do Nascimento (Inêz Cavalcante de Souza) 

sábado, 23 de março de 2013

Duque de Caxias, na Baixada, recebe neste domingo, das 8h às 16h, mais uma edição da Ação Global


Duque de Caxias, na Baixada, recebe neste domingo, das 8h às 16h, mais uma edição da Ação Global. O evento acontece no Ciep Monteiro Lobato, no bairro São Judas Tadeu (Rodovia Washington Luiz, Km 18,5).
Quem for ao local poderá retirar carteira de trabalho e de identidade, assistir a palestras sobre dengue e DSTs e cortar o cabelo, entre outras atividades. Para as crianças, vai haver um serviço de odontologia preventiva, enquanto os maiores de 50 anos poderão fazer aferições importantes para a saúde.
A expectativa dos organizadores é receber 20 mil pessoas. A Ação Global existe há 18 anos e é uma parceria entre a Rede Globo e o Sesi.
Mais informações
DOCUMENTAÇÃO
- 1ª e 2ª Via de Carteira de trabalho
- 1ª e 2ª Via de Carteira de identidade
ODONTOLOGIA PREVENTIVA
- Técnica de escovação Dentária (04 até 12 anos)
- Aplicação tópica de Flúor (04 até 12 anos)
- Orientações preventivas para crianças (04 a 12 anos)
SAÚDE PARA A TERCEIRA IDADE (a partir de 50 anos)
- Aferição de peso
- Aferição de altura
- Aferição do índice de massa corporal
- Aferição da circunferência abdominal
- Aferição de pressão Arterial
CIDADANIA/ EDUCAÇÃO
- Informação ao público e esclarecimento sobre o funcionamento do Alcoólicos Anônimos
- Oficinas sobre preparo de refeições de baixo custo, aproveitando ao máximo o sabor e os nutrientes dos alimentos
- Recolocação profissional - captação de currículos
- Oferta de empregos para área de telemarketing e vendas
- Bate papo de 03 minutos sobre acidentes domésticos e medidas preventivas nas áreas de risco
- Inscrições para cursos de idioma e informática
SAÚDE
- Distribuição de preservativos
- Palestras sobre dengue e DST
- Informação sobre a prevenção do câncer de mama, AIDS, DST's e tuberculose
OUTROS SERVIÇOS
- Corte de cabelo masculino e feminino

Duque de Caxias tem a maior proporção de crianças internadas por diarreia no Brasil

Pesquisa da Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) Instituto Trata Brasil, nos 100 municípios mais populosos do país, com dados de 2008 a 2011, mostra Duque de Caxias como o município com a maior proporção de crianças entre as pessoas internadas por diarreia no país, com 77,1%. O estudo Esgotamento Sanitário Inadequado e Impactos na Saúde da População mostra que Duque de Caxias teve internação média de 58,6 pessoas por 100 mil habitantes no período, ficando na posição 37 entre os municípios analisados. 
Os gastos do Sistema Único de Saúde (SUS) na cidade com essas internações foram de R$ 9.807/100 mil habitantes em 2011, deixando a cidade na 21ª posição das cidades com menor gasto. Em 2010, 41,6% do esgoto da cidade eram coletados e apenas 4,36%, tratados. Fonte / Duquedecaxias.NET.br

sexta-feira, 22 de março de 2013

Duque de Caxias / Moradores do 'Minha Casa, Minha Vida' são atingidos por enchente

Moradores do programa do governo federal "Minha Casa, Minha Vida", em Duque de Caxias (RJ), na Baixada Fluminense, reclamam das condições dos condomínios Santa Helena e Santa Lúcia, no bairro de Santa Cruz da Serra, para onde muitos foram levados justamente por terem ficado sem um teto após enchentes anteriores. 
Na madrugada da última segunda-feira, o temporal que atingiu a região causou o transbordamento do rio Saracuruna, dentre outros do município, e atingiu cerca de 600 pessoas, além de ter deixado 200 desabrigadas. Muitos destes residentes dos condomínios da Caixa Econômica Federal. 
"Prometeram moradia digna para gente, que não teríamos mais problema com enchente, e acontece uma coisa dessas", indignou-se a dona de casa Andrelina de Oliveira, 36 anos, que possui uma casa de dois cômodos no conjunto Santa Helena. "Acordei com a vizinha gritando, e quando olhei para o chão a água já estava subindo", recordou. 
(Fonte / Cabral Filho Da)
Moradores do 'Minha Casa, Minha Vida' são atingidos por enchente 

Moradores do programa do governo federal "Minha Casa, Minha Vida", em Duque de Caxias (RJ), na Baixada Fluminense, reclamam das condições dos condomínios Santa Helena e Santa Lúcia, no bairro de Santa Cruz da Serra, para onde muitos foram levados justamente por terem ficado sem um teto após enchentes anteriores. 

Na madrugada da última segunda-feira, o temporal que atingiu a região causou o transbordamento do rio Saracuruna, dentre outros do município, e atingiu cerca de 600 pessoas, além de ter deixado 200 desabrigadas. Muitos destes residentes dos condomínios da Caixa Econômica Federal. 

"Prometeram moradia digna para gente, que não teríamos mais problema com enchente, e acontece uma coisa dessas", indignou-se a dona de casa Andrelina de Oliveira, 36 anos, que possui uma casa de dois cômodos no conjunto Santa Helena. "Acordei com a vizinha gritando, e quando olhei para o chão a água já estava subindo", recordou.

quinta-feira, 21 de março de 2013

Os governos municipal, estadual e o federal têm que ser criminalizados


Ninguém aguenta mais essa situação se repetindo e se repetindo e se repetindo...

Os governos municipal, estadual e o federal têm que ser criminalizados...
Não adianta responsabilizar a população se as autoridades não fazem se quer o seu dever de casa...
Falta uma política séria de habitação... Isso somado ao descaso com o meio ambiente... O resulto não poderia ser outro: tragédia após tragédia...!

Chega de covardia...Chega dessas "peças" se promovendo as custas da desgraça do povão...!

quarta-feira, 20 de março de 2013

Duque de Caxias / Os moradores da Vila Canaã reclamam sobre a BARREIRA que ameaça a localidade


Os moradores da Vila Canaã reclamam sobre a BARREIRA que ameaça a localidade. Várias denúncias foram feitas à Prefeitura e Meio Ambiente, mas nada foi feito até o momento!
DEPOIS DA PORTA ARROMBADA NÃO ADIANTA COLOCAR FECHADURA... O pior pode ser evitado se houver uma ação para recuperar o local ...
(com dados da moradora Lekissandra Gianis)
Imagem aérea, mostrando o bairro de Vila Canaã. A barreira é vista de maneira clara, onde coloca em risco centenas de pessoas.
Imagem aérea, mostrando o bairro de Vila Canaã. A barreira é vista de maneira clara, onde coloca em risco centenas de pessoas.

terça-feira, 19 de março de 2013

Dia Municipal da Cultura de Duque de Caxias


Gostaríamos de convidar a todos para a Comemoração do Dia Municipal da Cultura de Duque de Caxias evento este organizado pela Secretaria de Cultura e Turismo de Duque de Caxias comemora nesta quarta-feira (20/3), no Centro Cultural Oscar Niemeyer.

O Dia Municipal da Cultura, data de nascimento de Francisco Barboza Leite, o multi-artista e símbolo da militância cultural do município. 
A solenidade de abertura será no teatro Raul Cortez, no centro, e terá apresentação de dança.
*Programação*
*Evento:* Dia Municipal da Cultura de Duque de Caxias.
*Data*: 20/3.
*Horário:* A partir das 15h30.

*Atividades*:
Teatro Raul Cortez, em parceria com as secretarias municipais de Educação e Serviços Públicos, apresentação do espetáculo de dança *MPB*, da Escola de Dança Adriana Miranda, com coreografias de Adriana Miranda, Iran Ribeiro, Natália Macedo e Silas Campos.
Na Biblioteca Leonel de Moura Brizola (Praça do Pacificador), será inaugurada, às 18h30, uma seção com livros da Baixada Fluminense, com a presença dos autores da região que participam de uma roda de conversa.
Outra atividade que ocorrerá na Biblioteca Leonel de Moura Brizola é a abertura da exposição: “Cultura – Emoção de Lidar”, com a curadoria do artista plástico Paullo Ramos e a participação dos artistas Ana Ferreira, Caroline Diniz, Marcos Matos e Diane Vidal.

Duque de Caxias receberá R$ 12 milhões para recuperar danos causados pela chuva

Gabriel Palma
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O município de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, receberá R$ 12 milhões do Ministério da Integração Nacional, a serem repassados em três parcelas, para a execução de obras de reconstrução e recuperação de danos causados por enxurradas. O plano de trabalho foi autorizado pelo ministério na Portaria nº 98 publicada hoje (19) no Diário Oficial da União.
Em Duque de Caxias, cerca de 200 pessoas ficaram desabrigadas por causa da cheia dos rios que cortam o município. As áreas mais afetadas são aquelas que fazem limite com Petrópolis, como Xerém e Santa Cruz da Serra.
Segundo a portaria, considerando a natureza e o volume de ações a serem implementadas, o prazo de execução das obras e serviços é 365 dias.
Edição: Graça Adjuto
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil

Chuvas no Pq. Paulista / Duque de Caxias

Parque Paulista

segunda-feira, 18 de março de 2013

Chuvas em Nova Campinas / Duque de Caxias

Rua G c/ 18
Nova Campinas
Rua F
Rua 9

Idosos e doentes são resgatados de barco em bairro de Duque de Caxias


Idosos e doentes são resgatados de barco em Caxias (Foto: Alba Valéria Mendonça / G1)
O Corpo de Bombeiros utilizou barcos nesta segunda-feira (18) para resgatar moradores idosos e doentes de áreas alagadas no município de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. A chuva forte que caiu na madrugada fez com que os rios Roncador e Saracuruna transbordarem, inundando ruas, casas e lojas da região.
Segundo o comandante da Defesa Civil de Duque de Caxias, coronel Silva Costa, os locais mais afetados foram os 3º e 4º distritos do município. Os bairros Parque Paulista, Santa Cruz da Serra, Bossa Nova, Jardim Anhangá e Chácara do Arcano foram os que mais tiveram problemas com as enchentes.
Segundo a Defesa Civil do município, 12 famílias, totalizando 54 pessoas, estavam desalojadas até as 15h30 desta segunda. Elas tiveram as casas invadidas por até um metro de água.... Foi o caso de Penha Luzia Duarte, que abrigada no terraço do imóvel de uma irmã, no Parque Paulista, precisou da ajuda dos bombeiros para tirar de sua casa inundada a mãe Luzia Aristotelina, de 93 anos, e a irmã Terezinha Rodrigues dos Santos, de 76 anos, que não consegue andar por sofrer de artrite reumatóide.

Água invade casas do 'Minha Casa, Minha Vida'/ No abrigo montado pela prefeitura de Duque de Caxias, no pátio da Igreja Nossa Senhora da Conceição, em Santa Cruz da Serra, foram levadas 56 pessoas. Em balanço divulgado por volta das 15h30, o número havia caído para 54.
Ponte foi destruída pela chuva em Duque de Caxias da madrugada desta segunda-feira (18) (Foto: Alba Valéria Mendonça / G1)
A dona de casa Cátia Cilene Costa contou que a água chegou a um metro de altura dentro de sua casa. Ela é uma das 193 famílias que moram no Condomínio Santa Lúcia, no bairro Parque Paulista, construído pelo programa "Minha Casa, Minha Vida"... "A água inundou tudo. Perdemos tudo outra vez. Ganhamos as casas há dez meses, no Dia das Mães, como presente. Quase todos os moradores de lá vieram de áreas de risco, de lugares onde a chuva já tinha arrasado tudo", disse Cátia, que mora no imóvel com o marido e cinco filhos... "Agora que tinha montado minha casa de novo, perdi tudo outra vez. Por causa do forro do teto, não tivemos como erguer os móveis. Está tudo embaixo d'água. Saímos de madrugada com a roupa do corpo"... A vizinha Helena Rosa de Souza, técnica em enfermagem e que dividia a casa com mais seis pessoas entre filhos e netos, contou que esta foi a primeira grande enchente que viveu no local. Ela contou que começou a chover forte por volta das 4h e que, às 5h, sua casa já estava alagada... "Ainda salvei duas sacolas de roupas e alguns documentos. O resto está debaixo d'água. Meu filho voltou lá pela manhã para pegar o cachorro e disse que a água já estava baixando, estava na altura dos joelhos. Mas não teremos como dormir lá. Os colchões ficaram ensopados", lamentou Helena... Fonte - G1

ENCHENTE (Março de 2013) DUQUE DE CAXIAS

ENCHENTE EM NOVA CAMPINAS 2013 DUQUE DE CAXIAS

Comerciante de Caxias usa trator de entregas para resgatar moradores ilhados pela chuva

O comerciante Derli fechou as portas de seu comércio para ajudar no resgate de moradores ilhados
Moradores do condomínio Santa Helena, em Santa Cruz da Serra, bairro de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, ilhados por causa da chuva que atinge o Rio desde a madrugada desta segunda-feira, contam com a ajuda de um comerciante local para serem resgatados. A bordo de um trator, no qual faz entregas, Derly Luis da Fonseca, de 37 anos, já fez mais de 20 viagens, desde o início da manhã, para ajudar no salvamento.
Derly, que fechou as portas de seu comércio para ajudar, sai da Rua dos Coqueiros, e anda cerca de 800 metros de trator até a Rua da Ponte, onde fica o condomínio, que tem cerca de 195 apartamentos. No caminho, em alguns locais, a água está acima da cintura.

Uma idosa é retirada do condomínio Santa Helena, em Duque de Caxias
Uma idosa é retirada do condomínio Santa Helena, em Duque de Caxias Foto: Cléber Júnior / Extra

Andrea Barbosa Barcelos, de 40 anos, foi uma das moradoras resgatadas.
- A água chegou na altura da minha geladeira. Acordei com a água dentro de casa. Perdi tudo - disse, chorando.
No início da tarde desta segunda, os bombeiros chegaram ao local para ajudar no resgate